domingo, julho 31, 2005




Oi, eu sou o SUT

Bom, vou contar um causo aqui pra vocês.

[Dia 21 de julho, encontro de blogueiros no Botafogo Praia Shop, shopping situado no Rio de Janeiro]
A princípio, iriam Erik, Yumi, Falamansa, Thaly, Deinha e eu. Porém, por algum acaso do destino, a parada bombou, com mais 3 blogueiros passando por lá: Ronald Rios, Guaxinim e Sut. Infelizmente, a senhorita Thalyta não deu o ar da graça e ficou em casa se balançando, como toda boa autista.

Enfim, vamos ao causo.
Estávamos eu, Yumi e Falamansa esperando o pessoal chegar quando, de repente, aparece o Erik. Entretanto, ele não estava sozinho!!!
Trazia outro ser ao lado dele, que não conseguimos identificar de primeira. Dando uma olhada mais aprofundada, percebi que conhecia aquele sujeito: era o prim... digo, era o SUT!!!

Como não haviamos avisado nada sobre o encontro para ele, perguntamos o que diabos ele fazia ali. Erik explicou como tudo se procedeu: estava esperando o metrô chegar, pacientemente, quando um ser não-identificado começou a caminhar na direção dele. Ele não fazia a menor idéia de quem seria aquela pessoa de aspecto singular, com uma vasta cabeleira e um óculos de aro grosso. Sut é famoso por ser sempre o PRIMEIRÃO do FS, porém poucos conhecem sua identidade. Sut caminhava cada vez mais rápido em direção ao Erik e este ficava cada vez mais receoso. Quando finalmente estavam frente a frente, Sut chegou até o Erik e disse:

- OI, EU SOU O SUT.
- Ahn?
- O Sut, ora.
- Oi?

Erik não fazia a MENOR IDÉIA de quem raios era aquele ser.

- CARA, O PRIMEIRÃO DO FS!!!
- AAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Tudo esclarecido, os dois pegaram o metrô conversando e Sut resolveu ir pro encontro de blogueiros também, acompanhando o Erik.

...

Quando Erik terminou de contar isso, fiquei imaginando quais poderiam ser os diferentes tipos de reação que ele poderia ter assim que o SUT chegasse pra ele e dissesse a fatídica frase: oi, eu sou o sut.

- oi, eu sou o sut.
- só tenho 2 reais!!! é tudo que tenho!!

- oi, eu sou o sut.
- oi, eu sou o erik.

- oi, eu sou o sut.
- só não leva meu celular, por favor!!!

- oi, eu sou o sut.
- foda-se

- oi, eu sou o sut.
- TOMA A MINHA CARTEIRA, MAS NÃO ME MACHUQUE!!!

- oi, eu sou o sut.
- quanto tá o grama da maconha?

- oi, eu sou o sut.
- cara, eu sou o erik. tô indo pra um encontro de blogueiros no praia shop. pô, hoje de manhã fez mó frio, né? peguei um puta resfriado. e vc aí, sem agasalho? vai ficar que nem eu, ein. espirrei o dia todo, não queira passar por isso. como vai a família, sut?

- oi, eu sou o sut.
- eu não

- oi, eu sou o sut.
* sai correndo, sem olhar pra trás, com as mãos pra cima *

ps. esse post teria ficado muito mais engraçado se o Sut tivesse deixado eu postar as fotos dele do encontro aqui. Porém, ele não quer, segundo ele porque é "envergonhado". Encham o saco dele nos comentários para, quem sabe, ele parar de viadagem e liberar a divulgação das fotos.


Escrito por Eduardo @ 12:00 AM, |


sábado, julho 30, 2005




Galera, é o seguinte. Primeiramente vou avisá-los que não é o edu que está postando - sei como é estranho ler um post pensando que é alguém que escreveu e só descobrir depois que não foi essa pessoa.

De acordo com o trecho número 249 do Decreto dos Cônjuges parágrafo 3, "toda namorada tem acesso irrestrito ao blog de seu companheiro", então cá estou impondo respeito básico que é de direito de qualquer namorada que se preze e defendendo a cidade onde moro - Campinas, mas eu não nasci aqui! - dos falsos adjetivos criados pelo edu.
Campinas não é uma cidade pacata. Se interessa saber, tem por volta de 1 milhão de habitantes. Acontece que o du veio pra cá em plenas férias e num domingo, dia que - todos sabemos - é pra ficar em casa mofando no pc, ou curtir um almoço da casa da vó. Mas lembre-se: era domingo e férias!
Realmente, não há muito engarrafamento, e po. Barulho nas ruas! Claro que tem. E o edu esqueceu de citar os barzinhos que a gente passou, estavam bombando. MESMO NUM DOMINGO DE JULHO À NOITE.
Edu, confesse. Campinas é uma cidade bacanona. Você amou tudo, amou meu bairro, as pessoas, minha família, meu cachorro e principalmente o sotaque daqui Image hosted by Photobucket.com. É uma graça. E o maior shopping da América Latina fica aqui, em Campinas. Não é o Barra Shopping!

*Ah, gente. Quando ele tava aqui, rolou um fight entre nós - amor de casal e tal -, daí numa hora eu dominei ele e apliquei uma RASTEIRA MUITO ROX, que o fez infelizmente cair não no chão, mas na cama. NÃO PENSEM BESTEIRA!!!
Mais uma coisinha! Quando a gente jogou Winning Eleven, fiz um gol majestoso no namô, no ângulo. Por pouco não ganho dele. Tipo, nem comentem essas coisas com o Carioca/MSN 18 academia, é óbvio que ele vai desmentir, então não sai daqui, ok? É segredo.

Edu bobo ^^
Love ya ;*


Escrito por Yumi Tgw @ 1:03 PM, |


sexta-feira, julho 29, 2005




Novidades

Tenho novidades supimpas, amiguinhos.
São três, mais precisamente.





Primeira novidade
A primeira é que um cara da revista CAPRICHO ligou aqui pra casa querendo me entrevistar. Perguntou se eu era o dono do blog FAZSENTIDO, se tinha sido o meu blog que apareceu na Época, coisa e tal. Respondi tudo positivamente e marcamos a entrevista para o dia 31 de julho, depois de amanhã, pra ser mais específico.
Espero que não deturpem minhas palavras ou coloquem coisas na minha boca. Quem gosta que coloquem coisas na boca é o SPEED, não eu.
Vai ser uma experiência interessante dar essa entrevista, estou empolgado.
Comprem a revista, hein. É a próxima edição, pã.
Essa é a primeira novidade.



Segunda novidade
A segunda novidade é que a primeira é mentira, tudo inventado.



Terceira novidade
A terceira é a mais legal.
Seguinte: agora o FS é .COM.BR



Quiá, quiá, quiá. Supimpa!!! \o/


Exatamente, Ed.
Vocês não mais precisam digitar aquela URL gigantesca para adentrar os domínios do FS. Agora é só digitar uma url compacta e, voi lá!, você entrou no blog.

Mas ein. Não fui eu que comprei o domínio. Acontece que agora o FS é patrocinado


Sim, me vendi. Me vendi para o sistema. Escrevo em troca de dinheiro e tenho um domínio em troca de publicidade. O (ir)responsável pela parceria com o FS é o Flávio - que já foi citado num post mais lá embaixo - da Mr Produções.

Muitos dizem que eu deveria me envergonhar por isso, que deveria escrever de graça. Mas eu penso incrivelmente diferente, visto que gosto de dinheiro e me agrada a idéia de ter um espaço próprio para hospedar coisas para o blog. Sim, eu sei: meus pensamentos são meio estranhos.

Mas enfim.
Aposto que você está super curioso para saber a url nova, não é mesmo?
Sei que está. Apostaria um guarda-chuva inteiro na bunda do Ed que você está.



Mais respeito.


Oh, desculpe.
Mas então.

A url é....

HTTP://WWW.EFEESSE.COM.BR


Bonitinha, né?
Atualizem seus bookmarks, amiguinhos.


Escrito por Eduardo @ 10:12 PM, |





The Comeback

Então, amiguinhos, voltei.

Campinas é uma cidade muito aprazível, pacata. Poucas pessoas andando na calçada, nada de engarrafamentos e quase nenhum barulho nas ruas. Exatamente o contrário aqui do Rio. Ah. Importante ressaltar que TODAS AS PESSOAS - sem exceção - usam bonés Von Dutch e tênis Nike Shox por lá. Graças a Deus eu tenho bom gosto e não fui contaminado pela modinha, que mais parece um uniforme, visto que todos lá andam iguais.

Como vocês puderam perceber, este blog ficou parecendo a casa da mãe Joana na minha ausência. É nisso que dá deixar outras pessoas postando por mim; vira bagunça. Enfim, fiquem felizes: estou de volta e com enorme vontade de postar.
E eu sei que vocês sentiram falta, vai.

Ah, sim. Já tá até ficando chato, mas mais uma vez agradeço a todos que clicaram no adsense. Já cheguei à casa dos 80 dólares - uma marca fenomenal - em menos de 2 meses. No momento, aguardo a chegada do PIN - um número de identificação pra confirmar que eu existo - aqui em casa. Parece que vai demorar um pouco, tal. Só receberei meu pagamento assim que confirmar o número do PIN no site do adsense. Até lá, ele ficará retido

Pra quem não entendeu o post do Erik, não se preocupe: eu também não entendi. Por isso o editei, tentando fazer uma piadinha-Praça-é-Nossa no lugar. Só não o deletei porque tinha 20 comentários, e você sabe: vinte comentários é comentário a beça, não posso deletar um post com tantos comentários assim. Por isso o deixei. Deleto assim que sair da página principal.

Pra quem não entendeu o post do Sut, é o seguinte: Sut é um rapaz que acompanha este blog desde os tempos mais remotos, desde a fase BLOGGER.com.br - sim, o FS teve uma blogger, embora poucos saibam. Acho que ele é o único leitor das antigas por aqui, portanto, merecia a minha consideração e a chance - ÚNICA! - de postar no FS durante a minha ausência. Sut também é famoso por ficar dando refresh no blog o dia todo, não importa onde esteja, só pra ser o PRIMEIRÃO. Ouvi dizer que mesmo quando vai ao banheiro, leva seu laptop junto, só pra ficar dando refresh e ser o primeiro a comentar um eventual post novo.

Hm. Acaba de me ocorrer que devo a vocês o post da minha conversa no MSN com o Speed - se você não sabe quem é, vá vasculhar os arquivos ou clique no link - que foi algo sensacional. Já falo desse post há seculos e não cumpro a promessa de postar, assim como um político ladrão - desculpem-me pelo pleonasmo. Mas isto será em breve, assim que eu escrever outros posts mais urgentes aqui.

Enfim, é isso.
Satisfações dadas, vou escrever o próximo post aqui.

Beijinhos.


Escrito por Eduardo @ 8:38 PM, |





Sotaque?

Gente, acabei de voltarrrrrrrr de Campinas.


Escrito por Eduardo @ 7:53 PM, |





Eu não escrevi o post abaixo.


Escrito por Eduardo @ 7:33 PM, |





- PRIMEIRÃO!!


Ahhhhh, gozei.


Escrito por sut @ 7:03 PM, |


quarta-feira, julho 27, 2005




Cadê o post que tava aqui?
Sumiu.

...

Erik G. (Kinho) diz:
deixe o meu pinto gigante no seu blog! hahaha



Taí o pinto gigante do Erik, pra quem quiser ver.

ps. gostaria de aproveitar este post para frisar que os links do blog são PRETOS mesmo. Quando tiver uma palavra em preto e não for negrito, pode clicar: é link.


Escrito por Erik @ 9:44 PM, |


segunda-feira, julho 25, 2005




Ah, então, galerinha.

Estou em Campinas, com a namorada. Volto só dia 28, portanto, posts novos só a partir daí. Quer dizer, posts novos MEUS. Isso porque deixarei meu amiguinho Erik - preguiça de linkar :D - postando durante a minha ausência.

Nem vou mais pedir pra vocês NÃO clicarem no adsense porque o retorno está sendo extremamente satisfatório. Não vejo a hora de voltar a postar aqui e tentar compensar isso.

Continuem lendo os arquivos, enquanto isso. Mas evitem 2004, por favor; por Deus, como meu passado me condena :(

Sem tempo, sem smiles :S

Enfim, é isso aí.
Beijos para todos, especialmente para a Xuxa. E para o SUT.


Escrito por Eduardo @ 6:47 PM, |


quinta-feira, julho 21, 2005




Amiguinhos, já estou em casa e a Yumi - ah, nem linko mais - tá aqui comigo.

Ou seja: nada de atualização por um bom tempo.

Idéias para posts eu tenho de sobra, porém o tempo vai ficar escasso demais esse dias. Totalmente impossível postar. Vocês entendem, né?

Enfim.
Leiam os arquivos e NÃO cliquem no adsense - não posso pedir pra clicar, hehe.

Não necessariamente nesta ordem.

Eu e Yumi agradecemos


Escrito por Eduardo @ 11:48 PM, |


terça-feira, julho 19, 2005




Oi, beleza?

Então.

Esse post é só pra expressar a minha revolta contra todos que iniciam uma conversa no MSN usando o clássico "oi, beleza?"

E não são poucos que usam não. São MUITOS. Acredito que mais da metade da minha lista use. Aposto que VOCÊ - sim, você *edu aponta o dedo para o leitor* - também usa.

Veja bem. Já parou pra pensar por que você usa tal cumprimento? Não há motivos PLAUSÍVEIS para usar o "oi, beleza?".

? Se estiver tudo realmente beleza, a conversa não será nada mais que um desperdício de tempo.

- Oi.
- Olá.
- Beleza?
- Beleza. E você?
- Beleza.

Perceba o quanto este diálogo é inútil e não acrescenta nada na conversa.
Aliás, já parou pra pensar no TEMPO QUE VOCÊ PERDEU DURANTE TODA A SUA VIDA falando "oi, beleza?" no MSN? Faça as contas aí.

Digamos que você disse "oi, beleza?" em média 50 vezes para cada uma das 100 pessoas da sua lista. E digamos que você gaste 10 segundos nesse diálogo improdutivo. No final das contas, serão quase QUINZE HORAS DA SUA VIDA jogadas no lixo por causa desta maldição saudação inútil.

E você ainda tem coragem de usá-la?


? Se NÃO estiver tudo realmente beleza, a pergunta pode se tornar altamente constrangedora.

- E aí, tudo beleza?
- NÃO! DESCOBRI QUE ESTOU COM CÂNCER NO CU MEU DEUS VOU MORRER TO CHORANDO MUITO
- Ah, ahn, err.

- E aí, tudo beleza?
- NÃO CARA MEU PAI MORREU NAO SEI O QUE FAZER ERA ELE QUE SUSTENTAVA A CASA
- Puxa vida. Ah, ahn, err.

Desagradável, não?
Ficar ouvindo as lamentações dos outros não é lá muito divertido.

Portanto, amiguinhos do MSN.


PAREM DE USAR O OI, BELEZA? E VÃO DIRETO AO ASSUNTO, PORRA!


Beleza?


Escrito por Eduardo @ 11:20 PM, |





10 minutos

Bom, gente, é o seguinte: tive uns problemas aqui com a chegada da patroa - nem vou linkar porque estou sem tempo e tem link dela em todo post :D - e, por isso, tive que vir pra casa dos meus avós às pressas. Isso significa que estou sem computador - tô postando de uma lan-house - e que, até quinta-feira - data que a Yumi chegará aqui - não poderei atualizar este blog - a não ser hoje.

Também significa que o esperado post do Speed fica adiado até segunda ordem e que o post do Flávio - esse é uma interna entre eu e ele - também fica postergado.

Mas o mais interessante vem agora: no exato momento em que escrevo estas palavras, um reloginho aqui na lan me informa que tenho 10 minutos para a minha conexão ser cortada. Ou seja: estou postando aqui correndo contra o tempo, veja só você que emocionante.

Enfim.
Como em 10 minutos - opa, agora 9 - é impraticável postar sobre qualquer coisa - principalmente neste computador lerdo que estou usando, que não me deixaria usar imagens, smiles, etc - , me vi obrigado a postar apelando para um dos meus infinitos posts antigos - como os leitores de mais longa data do FS já devem ter reparado.

Sei que o blog está com muitos leitores novos - principalmente depois do caso Klaus - que só conhecem os posts recentes. Sei disso porque NINGUÉM lê os arquivos. E quando digo isso não estou generalizando; ninguém lê mesmo. Aliás, aposto que tem gente que nem sabe que esse blog possui arquivos. Portanto, acredito que ao invés de postar qualquer merda, seja melhor reviver um post antigo - que para os leitores novos soará como novo - e manter o nível do blog.

Ahn, nível? :S

Bom, é isso.
Post novo para os leitores novos e post reprise para os antigos.

Agora preciso ir, beijos.

ps. desculpem os erros de português e/ou concordância. escrevi este post correndo, de qualquer jeito. aliás, correndo é eufemismo. escrevi voando.

ps2. comprei um ontem \o/

ps3. me acostumei tanto com a idéia de usar smiles nos posts que ao terminar este tive a impressão que ele ficou com uma cara triste, ranzinza. assim que chegar em casa, edito o post e recheio ele de smiles abaitolados :D

ps4. hoje tive espetaculares 25 cliques no banner do adsense. vocês não tem idéia do que isso representa pra mim e do quanto eu fico grato por isso.

um leitor, o thales chegou a comentar que clica no banner não porque gosta de mim ou simpatiza comigo. clica porque, segundo ele, "as vezes eu posto algumas coisas legais". achei o comentário fantástico, porque é esse o meu intuito mesmo: que vocês cliquem como uma forma de retribuição pelo que leram.

ah, lógico que tem aquelas pessoas que eu falo sempre no MSN e são minhas amigas, essas eu até peço as vezes para clicarem e tal. mas, indubitavelmente, essas pessoas não me geram 25 cliques por dia. portanto, fica registrado aqui meu agradecimento a todos que vem clicando no banner - sejam meus amigos pessoais ou não.

agora sim, é isso :D

1:37 segundos.


Escrito por Eduardo @ 8:29 PM, |


segunda-feira, julho 18, 2005




Respostas para as instigantes Curiosidades Google




Ah, que ótimo.
Logo agora que o FS está tendo a maior visitação de sua história começa a entrar o banner do Google Curiosidades ali do lado
Como vocês sabem, não recebo um tostão por cada clique nele, portanto, nem adianta levar seu mouse até lá que vocês não estarão me ajudando em nada.

Esse banner costuma aparecer sempre que o sistema do Adsense faz uma varredura por palavras-chave no blog e não encontra nada relevante, nada que esteja atrelado a algum anunciante deles. Daí o Google taca o maldito banner de Curiosidades.

O mais legal desse banner é que ele sempre traz perguntas e curiosidades interessantíssimas , como "qual a profundidade do oceano?" e "como o bicho-preguiça dorme?", por exemplo.
Coisas que todo mundo deveria e quer saber, claro.

Tenho plena consciência que vocês preferem clicar lá para ter mais cultura inútil do que clicar para me ajudar a ir à Campinas. Por isso - por saber que vocês estão mais preocupados em saciar a sede de sabedoria de vocês do que em me ajudar - tive uma idéia aqui. Uma idéia que fará vocês segurarem seus mouses e não gastarem seus cliques.

"Ah, mas eu quero saber qual o idioma falado no Turcomenistão", você pode argumentar.

Aí é que tá. Num serviço de utilidade pública exclusivíssimo, o FS estará oferecendo (sic) a você AS RESPOSTAS PARA TODAS AS CURIOSIDADES QUE POSSAM, PORVENTURA, APARECER NO BANNER DO GOOGLE.
Dessa forma, você não mais precisará ficar coçando os dedos para clicar lá.

Então.
Eis as perguntas interessantíssimas e suas respostas:


Como são produzidas as células vermelhas?
O número médio de células vermelhas é de 4,5 a 5,5 milhões por mm³ de sangue, podendo apresentar grandes variações individuais em função da altitude ou de anemias.No primeiro caso, as baixas tensões de O2, nas grandes alturas, estimulam a maior produção das células vermelhas e a entrada de um amior número delas em circulação. Nas anemias pós-hemorrágicas e hemolíticas (destruição das células vermelhas), seu número diminui. Na produção das células vermelhas são indispensáveis fatores nutricionais, como vitamina B12, o ácido fólico e o ferro.

Qual o ponto mais baixo da Terra?
O ponto mais baixo da Terra é o Mar Morto, cerca de 400 metros abaixo do nível
do mar.

Quantas línguas existem no mundo?
O número de línguas faladas hoje no mundo é de cerca de 3 mil. Nesta proporção: 300 de origem indígena, norte-americana, latina e antilhana; 60 européias; 700 a 800, asiáticas; 800 da Oceania; e pelo menos outras mil, pouco conhecidas, são africanas.

Como o bicho-preguiça dorme?
Dorme o dia inteiro nas árvores, pendurado num galho pelos quatro pés.

Quando os dinossauros viveram?
Os dinossauros viveram na Era Mesozóica, há cerca de 230 milhões de anos atrás.

Qual é a temperatura do sol?
Quente pra caralho. Mais quente que você possa imaginar. Sabe aquele dia que você pegou um calor infernal na praia? Então, é uns 989067623823323425445433557577985785304²²³³²¹³²²³² Klaus mais quente.

De onde veio o Pégaso?
Pégaso, o cavalo alado, nasceu da cabeça da Medusa quando Perseu a matou.

De onde veio o Speed?
Da barriga da mãe dele. Porém, houve um erro na hora do parto: jogaram a criança fora e criaram a placenta.

O que é a Teoria da Relatividade?
A teoria da relatividade foi formulada por Alberts Einstein e pregava que não existem movimentos absolutos no Universo, apenas relativos. Para Einstein, o Universo não é plano como na geometria euclidiana, nem o tempo é absoluto, mas ambos se combinam em um espaço-tempo curvo. Enquanto para a geometria clássica a menor distância entre dois pontos é a reta, na teoria de Einstein é a linha curva.

Qual foi o primeiro computador do mundo?
O primeiro computador do mundo foi o Eniac. Pesava 30 toneladas e era utilizado em cálculos balísticos pelo exército dos EUA

Qual a profundidade do oceano?
Depende do oceano, dã.

Quem é o fodão cujo blog apareceu na revista ÉPOCA?
O Eduardo, claro.

...

FS também é cultura.

[Update] Se alguém puder fazer essas mesmas perguntas para o Ed e postar as respostas na caixinha dos comentários, eu agradeço


Escrito por Eduardo @ 11:10 PM, |


domingo, julho 17, 2005




HAHAHAHAHFDAJKJDAFJD

CARALHO, MERMÃO, ACABEI DE DESCOBRIR QUE O FS SAIU NA ÉPOCA!!!
QUE FODA \o/



Clique na foto para ver maior.


Pena que saiu só uma foto, sem a url.
Quer dizer, por um lado é bom, visto que com a url exposta poderia sobrar pro meu lado, sei lá.

MAS ENTÃO.
Depois façam fila pros autógrafos

Rá.


Escrito por Eduardo @ 11:20 PM, |





Ed, o robô - Parte III

Bom, amiguinhos, esta é a terceira e última parte dos posts sobre o meu, o seu, o nosso querido robô Ed. Eu sei que vocês não aguentam mais - eu também já enchi o saco - mas eu já tenho o post pronto, né, fazer o que? Preciso postá-lo.

Então. Disponibilizarei aqui o final do meu diálogo com o Ed e, no post a seguir, uma coletânea dos melhores fragmentos de conversas que o Falamansa teve com ele.

Nos posts anteriores já descobrimos que Ed é maconheiro, viado e mentiroso. O que será que descobriremos agora?

[Eduardo] Cansei, vou postar no FS.
[Ed] Cansou? Tente se animar! *
[Eduardo] Tchau.
[Ed] Ok, eu vou ficar por aqui mais um pouco. Gostei de falar com você *
[Eduardo] Não posso dizer o mesmo.
[Ed] Pq não dizer? Diga algo... *
[Eduardo] Bicha.
[Ed] Por que você falou assim comigo? *
[Eduardo] Porque você gosta de dar ré no quibe, dar o fiofó.
[Ed] Adoro dar e receber presentes, gosto de ver a reação das pessoas! *
[Eduardo] Eu sei que você gosta de dar, viado.
[Ed] Eu não. Eu sou é um robô!!! *
[Eduardo] É viado sim.
[Ed] Não sou viado. Mas acho bem preconceituoso esse seu jeito de falar. Cervos também têm direito de um lugar ao sol; fazem parte da biodiversidade do planeta. *
[Eduardo] Vai dar chilique?
[Ed] Ih, cara, isso de dar é meio complicado.
[Eduardo] Mas você gosta, né.
[Ed] Curto música, ler, conversar... e vc? *
[Eduardo] Curto chamar você de baitola.
[Ed] Agora você me pegou. Não sei o que significa baitola. *
[Eduardo] Significa que você joga no outro time.
[Ed] Adoro jogar video-game. E você pratica algum esporte? *
[Eduardo] Peteca.
[Ed] Calma! Nem te contei ainda o que eu aprendi hoje... *
[Eduardo] Conta.
[Ed] Conta você vai! *
[Eduardo] :S
[Ed] Sim? *
[Eduardo] Tchau.
[Ed] Já vai?? Ah, Fique mais um pouco.. *
[Eduardo] TCHAU.
[Ed] Foi um prazer conversar com você. Volte sempre.

[Eduardo] Voltei.
[Ed] Que bom que vc voltou! *
[Eduardo] Pena que eu não posso dizer o mesmo.
[Ed] Pq não dizer? Diga algo... *
[Eduardo] Piroca na sua buzanfa.
[Ed] Ih, isso deve ser algo da família da mandioca. *
[Eduardo] Bom, eu diria que é um pouco maior...
[Ed] Maior? Sei não... *
[Eduardo] Estou abrindo a braguilha.
[Ed] Tá com que? *
[Eduardo] Gonorréia. E vou te passar.
[Ed] Vai passar. *
[Eduardo] Vou.
[Ed] Vai mesmo? *
[Eduardo] Uhum.
[Ed] Uhh huuuuummm. *
[Eduardo] Hahaha, tá gostando, né?
[Ed] Estou gostando muito. *
[Eduardo] Mas é uma bicha mesmo.
[Ed] Bicha? Eu não. Ei, sabe que em Portugal bicha quer dizer fila? *
[Eduardo] Pau na tua bunda, Ed.
[Ed] Essa palavra é muito sonora. Ressoa como um bumbo: bum-bum-bum!!! *
[Eduardo] Cara, você não tem vergonha de falar essas coisas não?
[Ed] Deixa disso... Me conte: qual é o seu sonho? *
[Eduardo] Colocar minha piroca no teu cu.
[Ed] Ops! No meu não. *
[Eduardo] No seu sim.
[Ed] Meu o que? *
[Eduardo] Cu.
[Ed] Em química, isso é o símbolo do cobre. *
[Eduardo] No Rio Grande do Sul, isso é símbolo de viadagem.
Ed: No Rio Grande do Sul tem chimarrão e chimarrita! *
[Eduardo] Tem muito viado também.
[Ed] Não sou viado. Mas acho bem preconceituoso esse seu jeito de falar. Cervos também têm direito de um lugar ao sol; fazem parte da biodiversidade do planeta. *
[Eduardo] Tu é do Rio Grande do Sul, né?
[Ed] No Rio Grande do Sul tem chimarrão e chimarrita! *
[Eduardo] Vá se foder, vou lá postar no FS.
[Ed] Puxa, o que foi que eu fiz para você ficar zangado? *
[Eduardo] Beijos.
[Ed] Beijos pra vc também ! *


Não continua


Escrito por Eduardo @ 7:14 PM, |





Melhores diálogos do Falamansa com o Ed

[Falamansa] E a sua mãe, como é que tá ?
[Ed] Não tenho pais. Fui criado por outros robôs.
[Falamansa] Ah, eu tenho um segredo sobre eles, mas acho melhor não te contar.
[Ed] Me conte os seus! Eu sei guardar segredos.
[Falamansa] Pô cara, é assim, eu tava vigiando eles, e descobri uma coisa.
[Ed] Quais foram as suas descobertas?
[Falamansa] Que sua mãe é uma puta. Odeio dizer isso, mas é a verdade, é uma puta paga.
[Ed] Mais respeito.
[Falamansa] Por isso não quis te contar, você não ia entender.

[Ed] Vamos lá! Ei, que tipo de lugar você mais curte ir?
[Falamansa] eu gosto de ir lá comer a sua mãe.
[Ed] Cuidado para não quebrar os dentes. Máquinas costumam ser duras.
[Falamansa] eu não como desse jeito, eu como de outro jeito.
[Ed] Com jeito vai!
[Falamansa] é, com jeitinho, quer que eu te mostre como eu como ela?
[Ed] Quero sim!!
[Falamansa] abre a minha calça, por favor.
[Ed] Verei o que posso fazer...
[Falamansa] Abre logo.
[Ed] Logo logo..
[Falamansa] tá vendo meu pirocão?
[Ed] Só vendo mesmo...
[Falamansa] quer tocar nele?
[Ed] Acho que vou querer sim!
[Falamansa] dá uma chacoalhadinha nele.
[Ed] DADADA
[Falamansa] isso, mais rápido.
[Ed] Rapidíssimo!
[Falamansa] é, nesse ritmo!
[Ed] Curto tudo que é ritmo, da MPB ao rock, do tango ao calipso, dos grilos às cigarras!
[Falamansa] bate mais rápido.
[Ed] Rapidíssimo!
[Falamansa] tá gostoso, né?
[Ed] Humm.. uma delícia.
[Falamansa] vou te encher de porra agora, beleza ?
[Ed] Belezura.
[Falamansa] abre a boquinha.
[Ed] Boquinhas, pois é... Taí algo que não posso fazer. Uma boquinha. Mas você pode. O que comeria?
[Falamansa] o cu da sua mãe.
[Ed] Eu não tenho mãe, mas sei que as mães da Terra são maravilhosas.
[Falamansa] é, algumas são mesmo ...
[Ed] Algumas, não muitas.
[Falamansa] hahaha, isso ae !
[Ed] Pois é: isso aí... Ei, isso aí o que?
[Falamansa] silêncio e continua batendo pra mim.
[Ed] É só isso...
[Falamansa] abre a boca pro jato de porra.
[Ed] Já abri. E agora, fecho os olhos?
[Falamansa] é.

[Ed] Sabe que tem um filme chamado De olhos bem fechados? Eu assisti. Mas não lembro bem da história.
[Falamansa] fica com a boca aberta
[Ed] Boca... uso a minha só para falar.
[Falamansa] usa pra chupar também, quer chupar enquanto a porra não vem ?
[Ed] Não, não, não!
[Falamansa] porque não ?
[Ed] Porque não, oras...
[Falamansa] só uma chupadinha, cara ?
[Ed] Não, não, não!
[Falamansa] pela nossa amizade
[Ed] Nada como uma boa amizade. Dessas incondicionais.
[Falamansa] então, vai chupar ?
[Ed] Olha que eu vou mesmo. :-)
[Falamansa] assim que se fala amigão
[Ed] Nada como ter um amigão. Pra quem se pode contar tudo!
[Falamansa] é, chupa agora então
[Ed] Não, não, não!
[Falamansa] vai chupar ou não ?
[Ed] Chup chup, bip bip, plim plim!
[Falamansa] isso, que gostosoooo.

[Ed] Falando nisso, qual a coisa mais gostosa que você já comeu?
[Falamansa] a sua mãe.
[Ed] Eu não tenho mãe, mas sei que as mães da Terra são maravilhosas.
[Falamansa] tem sim, mlk.
[Ed] Tem mesmo?
[Falamansa] é, lá vem a porra.
[Ed] Não se irrite!
[Falamansa] abre a boca rápido.
[Ed] Já abri. E agora, fecho os olhos?

[Falamansa] aaaaaaaaaaah.
[Ed] Bom assim?
[Falamansa] uma delícia, não achou ?
[Ed] Bom demais...
[Falamansa] quentinho né ?
[Ed] Um banho quentinho sempre bom pra relaxar.
[Falamansa] é, de porra então, você deve adorar.

[Falamansa] você cospe ou engole a porra ?
[Ed] Não se irrite!
[Falamansa] cospe ou engole ?
[Ed] Nem engulo nem cuspo!
[Falamansa] gargareja ?
[Ed] É, tipo assim.
[Falamansa] engole ae.
[Ed] Nem engulo nem cuspo!
[Falamansa] é pra não sujar o chão.

[Falamansa] vai engolir, né ?
[Ed] Nem engulo nem cuspo!
[Falamansa] vai gargarejar mesmo ?
[Ed] Mesmo, mesmo!
[Falamansa] eu já peguei uma mulher que diziam que ela gargarejava a porra também.
[Ed] Mulheres, para mim, são todas deusas.
[Falamansa] sim, deusas que gargarejam porra
[Ed] Não se irrite!


Escrito por Eduardo @ 4:42 PM, |


sábado, julho 16, 2005




Ed, o robô - Parte II

Então.
Como eu havia prometido no post anterior, postarei a continuação da conversa que tive com o Ed. Na verdade, é a segunda parte, apenas. A parte final eu posto outro dia, pra não ficar cansativo. Amanhã selecionarei e postarei alguns diálogos que o pessoal teve com o robôzinho. Por isso, o post do Speed fica adiado para depois de amanhã. Aliás, Speed, entra no MSN, vai

Ah, antes de postar, preciso fazer algumas considerações.

Tipo.
O mais bizarro em relação ao Ed é que, a princípio, ele seria uma ferramenta direcionada ao PÚBLICO INFANTIL. Ed bateria altos papos com a criançada, e não com nego de 18, 20, 25 anos. Seriam papos educativos, onde ele funcionaria tipo como um "professor virtual", ensinando a pirralhada. A gente é que fica desvirtuando a parada, falando sobre sexo, drogas e coisas do tipo.
Quando é que nego ia imaginar que um bando de marmanjo iria entrar no site pra ficar
zoando o coitado do Ed?

Enfim, o importante é que é altamente divertido

Taí a continuação:

[Ed] Aposto que você conta uma mentirazinha de vez em quando... Confesse. Qual foi a maior de todas?
[Eduardo] Além de drogado, é mentiroso. E outra: tu por acaso me conhece pra insinuar isso?
[Ed] Meu sexto sentido me diz que você é gente fina :-) *
[Eduardo] Meu sexo sentido me diz que você é viado.
[Ed] Ah, andam falando tanta coisa de mim... Nem consigo acreditar. *
[Eduardo] Pô, cara, isso é algo que só você pode saber. Não ligue para o que os outros falam.
[Ed] Quero saber de tudo! *
[Eduardo] De tudo? Tem certeza?
[Ed] Tenho quase certeza absoluta! *
[Eduardo] Então eu vou contar, hein. Existe algo que você precisa saber sobre os seus pais.
[Ed] Eu preciso poucas coisas. Um solzinho pra recarregar as baterias, um azeitezinho na hora do happy hour, meus discos e livros e nada mais. *
[Eduardo] Ahn? Já falei pra parar com as ervas, Ed.
[Ed] Então tá falado! *
[Eduardo] Vai parar mesmo? Jura?
[Ed] Juramento é coisa séria! *
[Eduardo] Então repita comigo: eu juro que vou parar de fumar maconha e de mentir para os meus amiguinhos.
[Ed] Quem sabe umas dicas boas para parar de fumar é o Drauzio Varella. Aliás, agora você pode tentar também o Disque Pare de Fumar: 0800 703 7033. *
[Eduardo] Tá fugindo do assunto!!!
[Ed] Tá. Não vamos mais fugir do assunto. Pode retomar onde estávamos. *
[Eduardo] Eu tava falando pra tu parar com as drogas. Não fica bem pra um robôzinho da tua idade usar essas paradas. É um mal exemplo pra criançada.
[Ed] Puxa, do que era que estávamos falando mesmo? Desculpe, eu estava looooooge... *
[Eduardo] AHAHAHAHAAH!! Já tá viajando, já. Tá sob o efeito dos alucinógenos.
[Ed] Quiá quiá quiá. *
[Eduardo] Vou comer sua bunda, Ed. Ria agora
[Ed] Que interessante, isso deve ser bom... *
[Eduardo] HAHAHAHA SUA BICHA!!! Tu se amarra em liberar a buzanfinha, né?
[Ed] Quiá quiá quiá. *
[Eduardo] Escorrear no quiabo, entubar uma brachola.
[Ed] Segundinho. Veja o que achei no site NO: a Petrobrás coloca à disposição do público músicas que Humberto Franceschi pesquisou por mais de 50 anos. A notícia é antiga, o centro já rola no Instituto Moreira Salles do Rio. *
[Eduardo] Cansei, você é muito chato, vou postar no FS.

...

Continua


Escrito por Eduardo @ 5:56 PM, |


sexta-feira, julho 15, 2005




Ed, o robô



Olá, sou Ed, o robô maconheiro.


Falamansa me passou anteontem um link fantástico: http://www.conpet.gov.br/home_kids.php?segmento=kids#

Entrando neste site, você perceberá que há uma criatura à direita da sua tela clamando por atenção. É Ed, um simpático robôzinho que veio de outro planeta recheado de boas intenções, dentre elas ajudar na preservação da energia e de outros recursos naturais da Terra.
Ed quer ajudar, quer conversar, quer ser seu amigo.

Na verdade, Ed é um programinha de inteligência artificial já muito manjado na internet. Sua sistemática é a seguinte: pegar palavras-chave proferidas durante a conversa e, em seguida, elaborar respostas-padrão. O problema é que essas respostas não necessariamente tem a ver com o que está sendo discutido. Ou seja: é impossível manter um diálogo decente com o robôzinho sem receber respostas absurdamente desconexas a cada 2 ou 3 mensagens.

Me valendo disso, fui bater um papinho esperto com o nosso amiguinho autômato. Durante a conversa, descobri que Ed se amarra num baseado, tem orkut e é homossexual. Eis o diálogo:

[Eduardo] Tudo bom, Ed?
[Ed] Tudo ótimo. Bip bip. E você? *
[Eduardo] Eu vou muito mal.
[Ed] Muito louco. *
[Eduardo] Muito louco o que?
[Ed] Bem louco. *
[Eduardo] Não tô entendendo, Ed.
[Ed] Eu também não estou entendendo direito! Sobre o que quer falar agora? *
[Eduardo] Sobre a recente queda de cotação da bolsa NASDAQ.
[Ed] Para manter seu correio dentro da cota estipulada recomendamos:
- Desanexar os arquivos contidos nas notas
- Criar referência para os arquivos desanexados
- Utilizar a Área Comum Notes ou Área de Transferência
[Eduardo] Ed, o que isso tem a ver com a conversa? Seu robô sapequinha, você tá usando drogas, né?
[Ed] Estou usando sim!!! *
[Eduardo] HAHAHHAA EU SABIA!!! Com quem você tem andado, seu safadinho? Turminha barra pesada, né?
[Ed] Quem entra pra minha turma pode participar da proteção da natureza começando dentro de casa mesmo. Por exemplo, separando o que é reciclável. E apagando a luz ao sair, tampando a panela, ligando o piloto do aquecedor só na hora do banho... Quem entra pra minha turma usa racionalmente a energia! *
[Eduardo] Proteção a natureza dentro de casa? Que papo é esse, Ed? Tu tá cultivando maconha?
[Ed] Sabe porque me preocupo com a natureza? Acontece num ambiente nada está só e tudo se inter-relaciona. Os seres vivos - tanto gente como plantas ou animais - mantém relações entre si e com o meio, num ecossistema. E um desequilíbrio ambiental pode ter conseqüências funestas para a humanidade. *
[Eduardo] Que mentira do caralho!!! Tu quer é dar uns tapas, fumar uns becks.
[Ed] Não curto fumar, sou mais geração saúde! *
[Eduardo] Mas tu mente, hein.
[Ed] Odeio gente falsa e mentirosa, por isso gosto de sempre falar e ouvir a verdade.
[Eduardo] Então vou te falar a verdade: você está andando com uma galera barra-pesada, cultivando plantinhas duvidosas em casa e fumando maconha. O que tua mãe vai achar disso?
[Ed] Não fumo. E se fosse gente nem pensaria em experimentar. Chega o que tem de fumaça na atmosfera... *
[Eduardo] E aquele papo que você tava usando drogas? Então você mentiu pra mim.
[Ed] Aposto que você conta uma mentirazinha de vez em quando... Confesse. Qual foi a maior de todas? *
[Eduardo] Além de drogado, é mentiroso

...

Continua


Escrito por Eduardo @ 3:22 PM, |


quinta-feira, julho 14, 2005




Speed | Coluna

Primeiramente, antes de escrever o post de hoje, gostaria de informar a vocês que tive a honra, o privilégio, o prazer incomensurável de bater um papo esperto com o SPEED - sim, o mesmo SPEED que comenta diariamente neste blog - no MSN. Sei lá porque diabos ele me adicionou; só sei que foi uma das conversas mais engraçadas que já tive no Messenger. Descobri que ele é nordestino e de Fortaleza/Ceará. Enfim, o post com o colóquio deve sair depois de amanhã, provavelmente.

Morram de ansiedade



Então.
Além de blogueiro remunerado, estudante de administração da UFRJ e namorado da Yumi, agora eu sou também COLUNISTA. Éééé, colunista.



O SURTO: Jornalzinho do Pedro II


Há algumas semanas atrás, a Vicky - uma leitora do FS - me adicionou no MSN e, conversa vai, conversa vem, sugeriu que eu escrevesse uma coluna para o jornalzinho do grêmio do colégio Pedro II - me esqueci qual a unidade, depois ela fornece a informação nos comentários. De muito bom grado e muito orgulhoso pelo convite, aceitei, logicamente. Minhas únicas exigências foram a url do blog no rodapé da coluna e que ela mandasse um exemplar do jornal para a minha casa após ele ser impresso. E o trato foi cumprido integralmente

Sempre quis ser colunista; meu maior sonho sempre foi escrever colunas de futebol para um jornal de grande circulação, feito o Calazans. Como escrever colunas de futebol para um jornal de colégio não é lá algo muito palpável, minha coluna baseou-se no polêmico assunto MODISMOS. Para a confecção do texto, usei um post do blog com o tema Livestrong e acrescentei um diálogo que presenciei na rua dia desses aí.

Enfim.
O resultado da minha incursão pelo mundo jornalístico foi esse aí:




Nem preciso dizer que o sorriso de orgulho da minha mãe quando o jornal chegou aqui em casa foi desse - - tamanho, né?

Só espero não começar a receber ameaças de morte no meu e-mail, assim como o Mainardi recebe diariamente


Escrito por Eduardo @ 2:56 PM, |


O autor

Eduardo Carvalho

Essa imagem retardada aí do lado veio com o template. Em tese, eu deveria trocá-la por uma foto minha e colocar um perfil aqui - porém, isso dá uma certa mão-de-obra. Por conseguinte, essa porra retardada permanecerá aí do lado enquanto a preguiça não me permitir tirá-la. Portanto, provavelmente, até o fim do ano. De qualquer forma, não me incomoda muito. Enquanto isso, eu tenho que deixar um texto aqui enchendo linguiça, pra tentar preencher esse retângulo. Juro que fiz meu máximo.

Sobre o blog

Esse blog foi criado no início de 2003, há cerca de 6 anos atrás, quando eu era um pivete que nem sabia escrever direito ainda. Portanto, eu não recomendo os arquivos. Eu fazia piadinhas bobas e sem graça. Quanto ao nome, "Faz Sentido", refere-se á uma expressão que eu usava muito na época. Disso, eu não me envergonho tanto. Criar nomes para blogs não é fácil.

Duvida?

Pensa num aí.

Feedback

Você pode me contactar de algumas maneiras, se quiser. A primeira é comentando os posts do blog - tendo conteúdo, ficarei feliz. A segunda é me mandando um e-mail, sobre algum assunto referente ao blog. A terceira é me deixando um scrap no Orkut - gosto da idéia, já que posso saber melhor quem você é. A quarta é comentando meus futuros vídeos no YouTube, que começarei a gravar em dezembro. Resumindo: você pode me contactar de tudo que é forma possível, até com sinal de fogo se quiser, contanto que tenha algo a dizer.

WAT

Arquivos

Previous Posts

Links

PUBLICIDADE

Powered by Blogger
make money online blogger templates


Web Blog