terça-feira, fevereiro 28, 2006





Image hosting by Photobucket


Em homenagem ao melhor blog brasileiro de todos os tempos.


Escrito por Eduardo @ 2:44 PM, |


segunda-feira, fevereiro 27, 2006




Intelectuais

Uma coisa que me irrita é quando um cara vai num programa de televisão e se apresenta - ou o apresentam - como INTELECTUAL. Nota-se claramente uma soberba emanando do rapaz. Uma incrível nuvem de soberba pairando sobre a sua cabeça, que deve cochichar diariamente no seu ouvido: "você é melhor que os outros... lembre-se sempre disso".

Como tem virado tradição no FS, mandamos o melhor repórter da nossa equipe - o Sut, claro - entrevistar um ser desta espécie. O resultado da entrevista você pode conferir aqui, com exclusividade, no seu, no meu, no nosso, FS:



FS ENTREVISTA: um intelectual.


Nome: Charles Van Wilmots III

Profissão? Intelectual.

Ama: jogar xadrez e discorrer sobre a conjuntura político-econômica mundial com os amigos intelectuais.

Odeia: Burros e pessoas não-intelectuais.

Frase: "Ser intelectual é mais que um estilo de vida, mais que uma profissão; é um estado de espírito."

[Comecemos a entrevista]

[SUT] Fala, viadinho.
[INTELECTUAL] Viadinho não, mais respeito. Sou intelectual.

[SUT] Então, isso mesmo, viadinho. Mas aí. O que você acha da programação da TV aberta brasileira atualmente? Te agrada?
[INTELECTUAL] Não vejo TV aberta. Não vejo e não me agrada. Vejo apenas documentários interessantes na Discovery, filmes europeus no TELECINE CLASSIC e as oscilações das bolsas mundiais na Bloomberg. Não vejo TV aberta, sou intelectual.

[SUT] Quem você acha que ganha a Copa do Mundo?
[INTELECTUAL] Não assisto futebol, pois o considero um esporte rudimentar e violento. Sou intelectual.

[SUT] Estranho, pô.
[INTELECTUAL] Que?

[SUT] Você tem a voz fina... você é meio viado?
[INTELECTUAL] Eu sou intelectual.

[SUT] Então, é viado.
[INTELECTUAL] Eu não posso admitir que você seja empregado do FS. Que que há?

[SUT] CALMA, VIADINHO! CALMA!
[INTELECTUAL] *faz beicinho*

[SUT] Eu tô aqui, fazendo a reportagem contigo, trabalhando, e você vem falar com a voz fina?
[INTELECTUAL] Eu não tenho a voz fina!! *bate os pés no chão*

[SUT] Ok. Como é ser intelectual, pra você?
[INTELECTUAL] É muito bom, é muito gostoso. Eu posso ficar jogando na cara das pessoas isso. "Eu sou intelectual, e você não é". É bem legal.

[SUT] Eu quero fazer um churrasco. Tenho 40KG de carne. Será que dá pra 20 comer?
[INTELECTUAL] Considerando-se que vão ficar 2KG de carne para cada convidado, dá sim.

[SUT] LOL
[INTELECTUAL] AFF

[SUT] Quem vai ganhar o Big Brother?
[INTELECTUAL] Sou intelectual, obivamente não vejo Big Brother. rs

[SUT] Porra, você não vê e não sabe de nada!! Nada te agrada!! Afinal, o que você faz além de ser intelectual? Você não faz nada??
[INTELECTUAL] Faço sim. Dou entrevistas para revistas conceituadas e palestras ao redor do mundo para ganhar uma graninha por fora e fazer jus a minha fama de intelectual. Afinal, essa é a minha profissão. Sou intelectual, vivo disso. rs

[SUT] Discorra sobre a conjuntura político-econômica mundial:
[INTELECTUAL] Estou com preguiça. Mas eu posso ter preguiça, sou intelectual... (nota-se uma vontade incontrolável do entrevistado de completar dizendo "e você não é" mas ele consegue se controlar).

[SUT] Em buraco de toupeira, tatu caminha dentro?
[INTELECTUAL] Err, depende do tamanho do buraco. Tem que analisar as medidas. Se ele tiver proporções de 4m por...
[SUT] CAMINHA OU NÂO CAMINHA?
[INTELECTUAL] Sim.
[SUT] Hmmm... viadinho.


Escrito por Eduardo @ 3:23 PM, |


sábado, fevereiro 25, 2006




Um post inútil sobre BBB

Bem, como todo mundo sabe, a Thais saiu do BBB.
Mas como pouca gente sabe, ela tem Orkut.

Dando uma olhada no scrapbook dela, dá pra encontrar diversas pérolas.
Eis a que me chamou mais a atenção:


Image hosting by Photobucket
Lembrando que o scrap foi deixado quando a Thais AINDA ESTAVA na casa.


Outra que tem Orkut é a participante Mariana Felício. Mariana gosta de Jô Soares, reticências e de rir "hehehehhe".

A veracidade dos profiles pode ser confirmada pela data dos scraps e testimoniais, bem anteriores a esse edição do Big Brother.

Mas o mais curioso deste post inútil fica por conta do fotolog da Roberta - outra que também já saiu. Parece que em ABRIL do ano passado ela JÁ SABIA que participaria do BBB 6, como vocês podem notar nesta foto.

*********************

Estranho, pô.
Eu tô aqui no FS, postando, e me deparo com esse fotolog. Daí entro numa foto, que eu não posso admitir que seja verdadeira, e vejo que a garota já sabia que ia participar. Não está certo que alguém saiba que vai participar do programa antes de começar a seleção dos candidatos, evidentemente.

A rigor seria isso.


Escrito por Eduardo @ 4:44 PM, |


quinta-feira, fevereiro 23, 2006




Eles são melhores que nós

As pessoas supervalorizam muito os artistas.

Parece que eles não são seres humanos como a gente. São de outro planeta. É, só podem ser, porque tudo que eles fazem é digno de aplausos. O Bono Vox, por exemplo. Se ele coça o saco, nego aplaude. Se ele tira as calças, nego berra. Se ele mija na platéia, a galera abre a boquinha.

Afinal, ele é o Bono Vox.

Artistas são tão seres humanos como nós. Não são super-heróis. Eles vão no banheiro assim como eu ou como você. Eles tem a mesma chance de contrair câncer que o mendigo da sua rua - ou até maior.
Portanto, não é justificável que cada ato deles seja tão glorificado.

Autógrafos são um exemplo. Na moral, pra que serve um autógrafo? Sério. Ok, você pegou o autógrafo do Mick Jagger. E agora? Vai emoldurar? Vai ficar olhando pra ele por toda a eternidade? Não, né. Você gastou um pedaço de papel.

O autógrafo se torna valioso a partir do momento que um babaca o pega, conta pros amigos que o pegou e estes o invejam. É um círculo vicioso de babacas. Um pega, os outros invejam. Invejam o que? Não sei.

A caligrafia dos artistas deve ser melhor que a nossa, assim como a conta bancária.


Escrito por Eduardo @ 2:09 PM, |


terça-feira, fevereiro 21, 2006




Katilce Miranda


Image hosting by Photobucket


Katilce Miranda, bancária, 28 anos, era uma garota comum habitante da cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro.

ERA.

Era até o dia que resolveu ir no show do U2, em São Paulo, e foi chamada pelo vocalista da banda - Bono Vox - a subir ao palco. Cantou, dançou, e até beijinho ganhou do Bono. Sem dúvida, uma noite que ela não vai esquecer.

Aliás, não vai esquecer não só pelo fato em si: 100 000 scraps, até o momento, já inundaram o scrapbook dela no Orkut e com certeza farão que ela lembre do ocorrido pela sua vida inteira. A cada minuto, são cerca de 100 scaps novos pra garota. Impressionante.

Já faz algum tempo que o Orkut coroa celebridades instantâneas. Alguns dos exemplos mais recentes são o Klaus - o moleque do pinto pequeno - e o Pedremo - aquela da matéria do Fantástico sobre os Emos.

Dessa vez, o problema se deu porque Katilce TEM MARIDO, e por isso muitos estão dizendo que ela o traiu com o Bono. Muitos também são os profiles FAKES aparecendo; tanto dela quanto do marido. Tá todo mundo procurando o perfil do cara pra chamá-lo de corno.

Enfim. Como a equipe do FS nunca dá bobeira, fomos os primeiros a pegar o MSN da Katilce e fazer uma entrevista exclusiva. Ela se mostrou bastante disposta a comentar e esclarecer o caso. Conseguimos contactar um amigo dela, o SUT, que nos ajudou a fazer as perguntas.

Obrigado, SUT!!!

Gostaria de agradecer também ao Raphael, que nos ajudou a conseguir o contato.


Image hosting by Photobucket
Katilce e Bono se beijando.


[SUT] Olá, Katilce. Tudo bem?
[Katilce] Tudo, né. Fora os scraps. rs.
[SUT] Como você tá se sentindo em relação a tudo isso?
[Katilce] Ah, eu nem me importo, sabe? Na verdade, tenho pena deles. Eles não sabem nada da minha vida pra falar.
[SUT] Mas a exposição da sua vida assim não te incomoda? Todo mundo chamando seu marido de corno, te julgando.. o que você pensa sobre isso?
[Katilce] Eu acho que eles não deviam se meter na minha vida. Já falei com o meu marido e ele disse que tá tudo bem, que entende o que aconteceu. De começo ele ficou meio chateado, é claro, mas agora já tá tudo bem... Ele sabe que sou fã do U2 e nunca iria perder uma oportunidade de subir no palco com o Bono me chamando... nossa, foi inacreditável!!!
[SUT] Foi você que beijou o Bono ou ele que te beijou?
[Katilce] Ele que quis dar o selinho. Eu não ia recusar, né? rs
[SUT] É verdade... aí fica aquela pergunta: selinho é traição?
[Katilce] Eu acho que não.. se não tem sentimento, não é traição...
[SUT] Mas teve um sentimento, né...
[Katilce] rsrsrsrsrs. Mas é diferente, né...
[SUT] É verdade.
[Katilce] Bom, eu preciso ir... espero que vcs divulguem essa entrevista... porque o que incomoda são os scraps mentirosos, falando da minha vida.. acho que vou até criar um profile novo.
[SUT] Divulgaremos sim, pode deixar. Beijos!!
[Katilce] Bjo!!

[Outras matérias]
- Katilce no Terra.
- Katilce no Terra II
- Katilce na Folha


Escrito por Eduardo @ 3:06 PM, |


domingo, fevereiro 19, 2006






"João sem braço é que é um cara feliz. Pode entrar em um banheiro de bar tranquilo. Ele sabe que, por mais que ele quisesse, ele nunca ia conseguir encostar sem querer numa parede mijada."

Conto do João Sem Braço.

Banheiro de bar é cheio de mordomia. É só estalar os dedos que já tem alguem pra abrir o seu ziper... mesmo que você esteja estalando os dedos por outro motivo.

Tem gente que disfarça benzão: o cara fica manjando você mijar, totalmente na dichava, nem dá pra perceber que ele está olhando tua pemba. Tirando o fato que dos 20 urinóis que ele podia ter escolhido ele resolveu mijar do seu ladinho.
Quase um ninja.

O cara otário no banheiro é facil de reconhecer, é o que puxa a descarga. Num lugar aonde as paredes são mijadas, o chão é mijado, as pias são mijadas, a própria descarga deve ser mijada, o cara vai se preocupar se dentro do vazo vai ficar mijado? Só o mais otário.

A hora da duvida é a de lavar a mão. Respingou um pouco durante a mijada, mas será que vale a pena trocar o próprio mijo respingado na mão por uma torneira suja e uma pia que ja foi vomitada e mijada?
O que não pode é lavar a mão e depois tocar na porta. Ai você é um idiota.

Na verdade se você tocar em qualquer coisa que não seja você dentro do banheiro você é um idiota. Por tabela você segurou uns 30 paus... no mínimo.

Tem também o herói. O cara tá de chinelo mas não se importa, mete o pé no mijo e nem percebe. Assim que entra no banheiro já começa a mijar, não importa onde... em alguns casos pode até ser em outra pessoa. O cara esfrega a mão na parede que geral mijou e sai. Do lado de fora ele faz carinho no rosto da namorada, sem culpa.

Tudo pode ter uma desculpa aceitável, até aquela olhada pro lado pra garantir que a sua pemba é a maior, menos mijar na cabininha. Se o cara entrar na cabininha pra mijar ele vai mijar sentado, não tem erro.

"Quem mija na cabine tem vergonha do piru"

Ditado Popular.

Ps. Em vários banheiros de todo o Brasil você encontra o telefone pra participar do Pimping Aid, é só ligar e se cadastrar pra dar meia horinha de bunda por dia. É muito facil e todos podem ajudar. Faça como as coroas do gringo ou o carinha do arame, meia horinha de bunda pra acabar com a fome mundial.

Falou, Asdrubal.


Escrito por Nigel Goodman @ 8:30 PM, |


quarta-feira, fevereiro 15, 2006




Luiz Pareto e o Trote da Telerj

- Estranho, pô...
- Amanhã não tem ninguém.
- Não tem ninguém?
- Amanhã não.
- Pô, você tem a voz estranha, ein...
- Hein, meu filho?
- Você tem a voz estranha. Você é meio viado?
- VIADO É A TUA MÃE, SEU.. SEU... QUE QUE HÁ
- Você fica com a voz fina aí, pô. Fala direito, porra!!
- Eu tô falando.. Isso é maneira de você falar? Você é empregado da Telerj, é?
- Sou, claro.
- Mas não parece. Eu tô aqui reclamando do telefone...
- FALA GROSSO, PORRA!!
- Mas que filho da puta, olha aí, veja você.
- Tu é viado, ein!!!
- Chama o chefe, aí.
- TÔ NA TELERJ, TRABALHANDO, E TU VEM FALAR COM VOZ FINA, PORRA?


*************


Ah, o famoso TROTE DA TELERJ.

Quem não conhece o diálogo acima? A menos que você tenha passado os últimos 10 anos trancafiado num quarto escuro sendo sodomizado cruelmente por 2 negões africanos de 2 metros de altura, você já ouviu falar desse trote.

Protagonizado pelo advogado Luiz Pareto e por uns malucos que se passaram por empregados da TELERJ (atual TELEMAR), esse é um dos trotes mais famosos do Brasil - senão o mais famoso.


Image hosting by Photobucket
Este é Luiz Pareto, a vítima do trote.


O fato é que, embora seja praticamente uma celebridade virtual, Pareto jamais deu as caras na Internet - tornando-se assim praticamente uma lenda viva. Porém, a equipe de produção do FS, numa reportagem investigativa, procurou e conseguiu descobrir o paradeiro do advogado, que gentilmente aceitou nos receber em sua casa e conceder uma entrevista para a gente.

Mandamos o nosso melhor repórter para essa missão: o SUT.


[SUT] Olá, Sr. Pareto. Eu sou o SUT.
[Pareto] Que que há?
[SUT] Pô, eu vim fazer uma entrevista com você.
[Pareto] Você é empregado do FS, é?
[SUT] Sou, claro.
[Pareto] Mas não parece.


[SUT] Estranho, pô...
[Pareto] Hein, meu filho?
[SUT] O Edu me mandou fazer essa entrevista contigo mas eu não tenho roteiro nenhum. Posso voltar amanhã?
[Pareto] Amanhã não tem ninguém.
[SUT] Não tem ninguém?
[Pareto] Amanhã não.


[SUT] Eu sou o primeirão lá do FS.
[Pareto] Hein, meu filho?
[SUT] Pô, você tem a voz fina, você é meio viado?
[Pareto] Ô SEU FILHO DA PUTA
[SUT] Olhaaa, seu malcriado.
[Pareto] VAI TOMAR NO CU SEU FILHO DA PUTA VAI CHUPAR O CU DA SUA MÃE
[SUT] Quer que chame o chefe?
[Pareto] Quero chamar o chefe sim.


[Edu] Fala, viadinho.
[Pareto] Isso é maneira de você falar?
[Edu] FALA GROSSO PORRA
[Pareto] Mas que filho da puta, olha aí, veja você.
[Edu] Eu venho aqui, na tua casa, me disponho a fazer uma entrevista pra tu esclarecer a história, e tu vem falar com voz fina?
[Pareto] Vou te arrebentar a cara, seu sacana.
[Edu] Estranho...


Escrito por Eduardo @ 7:16 PM, |





A Melhor Piada De Loira De Todos Os Tempos.

Tô rindo até agora.


Escrito por Eduardo @ 5:22 PM, |





ALGUMA GATINHA AFIM D UMA NOVA AMIZADE??///

Tem uma comunidade mongol no Orkut chamada EU TENHO MSN. Como toda comunidade mongol do Orkut, ela tem 500.000 membros. Só deve perder pra Odeio Acordar Cedo.

Espero que algum dia a Odeio Morrer também atinja essa marca. Não deve demorar muito, visto que assim como todo mundo tem MSN e odeia acordar cedo, todo mundo também odeia morrer, presumo eu.

Enfim, o fato é que um tópico da comm me chamou a atenção:


Image hosting by Photobucket


Vejam só que malandrão.

Será que o maluco acha que alguma garota vai ler o tópico e adicionar ele mesmo? Será que ele acha que alguma garota vai ler o que ele escreveu e pensar "Pô, esse é o cara... ele ta pedindo pras garotas add ele no msn.... é o cara que eu quero pra mim"???

Não, cara.
Não.


Escrito por Eduardo @ 4:37 AM, |


terça-feira, fevereiro 14, 2006





Image hosting by Photobucket


Escrito por Eduardo @ 10:09 PM, |


segunda-feira, fevereiro 13, 2006




Tédio no PC

Sabe, atualmente tenho encontrado uma enorme dificuldade pra encontrar algo pra fazer na internet.

Sério, eu sento no computador, entro no circuito MSN-Email-Orkut e depois não tenho nada pra fazer. Não tem mais site nenhum pra visitar. Raramente entro em Fotologs e coisas do gênero.
Daí acabo ficando só no MSN mesmo.

Leio pouquíssimas coisas na Internet. Aliás, o que leio tá exposto aí do lado: uns 10 blogs. Mesmo assim, como são atualizados raramente, acabo entrando em cada um umas duas vezes por semana apenas.

Ultimamente tenho me divertido no YouTube. Um bom site, no estilo Putfile.
A diferença é que eu não consigo mais ver vídeos no Putfile, sabe-se lá porque. Então criei uma conta no YouTube e aproveitei pra hospedar uns arquivos. Se quiserem ver, cliquem aí no link. Por enquanto coloquei só alguns vídeos mais clássicos, como o do Batiman e uns do Hermes e Renato. Depois eu coloco mais.

Enfim, ando considerando até a possibilidade de voltar a ver TV. Comecei até a ver LOST, vejam só vocês. Devia fazer alguns anos que eu não parava pra acompanhar uma série/seriado assim. Provável que desde os áureos tempos de Seinfeld, visto que South Park eu comecei a ver baixando os episódios pela internet mesmo.

Bem, por falar em LOST, o episódio de hoje vai começar daqui a pouco.
Espero que caia um meteoro na ilha vindo do nada e mate todo mundo, seria bem interessante.

Acho.


Escrito por Eduardo @ 1:42 AM, |


domingo, fevereiro 12, 2006






O vento soprava contra a janela fazendo-a bater violentamente. Acordei-me assustado, com a garganta seca de quem bebeu a noite passada. O dia nublado, o vento, a certeza de chuva a qualquer momento a partir de agora, tudo isso faziam o ato de acordar um sacrifício terrível.
Pra que acordar? São oito e trinta e cinco da manhã. Não vou ter o que fazer para ocupar tanto tempo. Se existe algo que eu detesto são dias longos. Só de pensar nas horas que você precisa matar até dormir de novo, e em como você vai fazer isso, da vontade de vomitar.
Corri os olhos pela bagunça do meu quarto. Peguei o telefone. Meus dedos se moviam rapidamente pelas teclas. O sinal chamava em vão por alguém que não viria atender o telefone naquela manhã de domingo. Larguei o telefone contrariado, coloquei um casaco sobre as roupas, havia dormido de roupa, peguei as chaves e sai de casa.

Logo que entrei no elevador ele parou para pegar mais um passageiro, ninguém mais que um velho que morava no andar de baixo, aquele tipo de pessoa que sacode a cabeça e murmura qualquer coisa, visivelmente chateado por ter que cumprimentar alguém. Não culpo o velho, curvei a cabeça levemente respondendo aquele ensaio de cumprimento com outro mais ordinário ainda, amaldiçoando por dentro aquele homem por estar dividindo o mesmo elevador que eu.
Mesmo com uma pessoa mais que a lotação ideal o elevador chegou rápido no térreo. Atravessei a portaria e dei bom dia para o porteiro. Imigrante desgraçado. Tinha certeza que ele não ia com a minha cara, não que eu quisesse ser amigo do porteiro, mas um rosto amigável abrindo a porta e te entregando a correspondência, sem que você tenha que questioná-lo, não é pedir muito.

Caminhei dez minutos até a padaria no frio. Caminhar faz bem, faz você se sentir mais vivo. Por dez minutos tive um lugar para ir e algo pra fazer. Algumas pessoas são conhecidas em restaurantes, quando elas chegam recebem uma boa mesa, o garçom lembra o que elas bebem, e sua comida vem menos cuspida que a das outras pessoas. Eu era reconhecido nessa padaria. Quando chegava, eles já sabiam como eu gostava do meu café e do meu sanduíche, as vezes até arredondavam o troco pra não me fazer carregar moedas. São essas pessoas que arredondam cinco centavos que deveriam governar o mundo. Alguém que se preocupa que o outro vai carregar muitas moedas no bolso sem duvida tem um bom coração e a sensibilidade que falta para muitos.

Só sai de casa mesmo porque não ia agüentar ficar lá, porque se ficasse provavelmente andaria em círculos procurando por alguma revista velha. Fico um pouco deprimido pensando assim, não sei se era o clima aquele dia. Pensei tanto em como seria minha tarde sozinho em casa que comprei uma revista nova, era o mínimo que eu podia fazer.

Caminhei de volta para casa, devagar, rezando pra não chegar nunca, e ter de ficar preso no templo do ócio que era aquele lugar. Virei a esquina resmungando com um gato que cruzava meu caminho, só então percebi o barulho, que me fez levantar a cabeça, e por fim ver três carros de policia chegando como se fosse o final de um daqueles filmes de gangsters. Virei mais uma vez pra ter certeza que não tinha sido um gato preto. Malditos gatos malhados. Será que dão azar também?
Os carros da policia pararam, em frente ao meu prédio, logo antes dos policiais saírem correndo e invadirem a portaria com armas em punho. Malditos gatos malhados pensei mais uma vez, com certeza estavam dando azar também.
Resolvi entrar no prédio, não estava com tanta sorte assim pra levar um tiro. O que mais poderia acontecer? Na certa alguma senhora escorregou no banheiro e pediu por socorro, alguém acordou um pouco assustado, e quando você percebe seis policiais armados invadem seu prédio dez horas da manhã.

Devia ter pensado duas vezes antes de entrar no prédio. Nunca tinha visto tanto sangue, tripas e órgãos espalhados, nem mesmo nos canais de vida selvagem da tv a cabo. Aparentemente algum espertinho resolveu arrancar toda a pele de um infeliz na minha portaria. Deve ter dado muito trabalho arrancar toda a pele de alguém, inclusive nas dobrinhas. Podia ter sido obra de um maníaco, mas era um maníaco talentoso, sempre quis saber limpar um peixe daquela maneira, mas nunca consegui.
Não sei se foi porque estava pensando em peixe, ou toda aquela carne crua pedindo por um espeto na minha portaria, mas acabei ficando com fome de novo. Culpa dos sanduíches da padaria que só enganam. O que uma pessoa precisa fazer para tomar um café da manha de qualidade no Rio de Janeiro?

Continua.


Escrito por Nigel Goodman @ 8:10 AM, |





Curso de Inglês para Crianças - O Método Pareto, com o Titio Falamansa

Olá, amiguinhos!
Alguns de vocês deve me conhecer, eu sou o Falamansa - autor do famoso Poema da Mosquinha.

Como se alguém se importasse....

Bom, vamos ao post. Uma vez eu estava conversando com o Edu e Dr.No sobre dar aulas num curso de inglês. Então eles sugeriram que eu desse aula para crianças. Mas eu não tenho paciência com criança. Criança é que nem bicho (opa, só não vale me processar, hein?); são bonitinhos, quando quietos são uns amores, mas quando estão eufóricos o pé coça pra jogar futebol com a cabeça de cada um. Por isso eu prefiro dar aula para adultos. Eles ficariam pensando: " Nossa, um menino assim tão novo, já dando aula de inglês, meu filho podia ser assim".

Com criança não tem graça; pra eles eu sou um "tio", sou feio, tenho cara de mamão, e tô velho já. Sem falar que se eu não tolerar a pirraça deles, qualquer reclamação deles pros pais pode significar um pé na minha bunda, até porque "criança não mente". Mas como eu ia dizendo, eu não tenho saco com criança.

Acho que minhas aulas seriam mais ou menos assim:

- José Chulapa.
- Presunto, professor.

*risinhos dos outros alunos*

- Muito engraçadinho, né, seu filho da puta!
- Ooohhhhh :O
- Professor, você não pode falar assim com a gente.
- Como é?
- Você não pode ser mal educado assim, você tem que dar o exemplo.
- Hmmmm....
- Quê?
- Estranho, pô...
- O que é estranho?
- Você tem a voz estranha....
- Eu só tenho 7 anos.
- Você tem a voz fina, você é meio viado?
- Espera só meu pai saber disso, ele vai te por no olho da rua e....
- FALA GROSSO, PORRA .... CARALHO!!!
- Mas ... mas ....
- Eu tô aqui, no curso de inglês, trabalhando, e você vem me falar com a voz fina??

******************

É, eu vou ser um professor do caralho mesmo! :)


Escrito por Carlos Eduardo Nobre @ 3:16 AM, |


sábado, fevereiro 11, 2006




Da série: vídeos bizarros que a gente encontra por aí

Vìdeo do Cabeção Mamado

Image hosting by Photobucket

Pegaram o Cabeção (ui) desprevinido e mamado numa festa e deu nisso aí.

-- E aí Sérgio, o que você tá achando da festa?
-- Bom. Cheguei hoje, né. Tô aproveitando ao máximo. Vou embora amanhã. Tenho namorada. Vou curtir aqui solteiro (?), mas se alguém der mole eu.... PÁ.

-- Vai quebrar tudo na festinha?
-- Não, quebrar tudo não. Com o maior respeito. Eu pego menina que já tiver ficado com outro... eu tô aqui pra aproveitar *cara de mamado*

-- Se você for esperto vai ficar ligado nas fitas de alta periculosidade (??) que rolaram aqui nessa festa que foi... pô... vai ser, né... tá sendo.



Two Chinese Boys

Image hosting by Photobucket

Dois moleques chineses dublando I WANT IT THAT WAY dos BACKSTREET BOYS. Dublaram outras bandas e músicas também - lá no You Tube você pode achar os outros vídeos.

Eles também tem um blog, onde tão decidindo o próximo filme que vão dublar.




Boa Noite, Brasil - Queda Ao Vivo




Padre Quemedo - Hermes e Renato

Image hosting by Photobucket

Esse é mais antigo, mas tão bom - ou melhor - que os outros. Foi uma boa lembrança do Gui, nos comentários do último post do Dr.No.
É uma sátira do Hermes e Renato ao Padre Quevedo, em que ele desafia um suposto filho do capeta a provar que é o filho do capeta mesmo.

-- Eu vim botar os filho dos outro na maconha. Espalhar maconha.
-- Ah, então tu és traficante, né?
-- Eu não sou traficante não. Eu ponho os filho dos outro na maconha, cheirar maconha, fumar cocaína.. essas coisa caótica.
-- Mas maconha não se cheira e cocaína não se fuma.
-- AH! Eu.. eu quero espalhar maldade.

-- Eu se proponho a te aniquilar.
-- Eu "se" proponho?
-- É, eu se proponho.
-- Ah... tu não precisa de um padre.. tu não és o capeta nada.. tu precisa é de um professor!!

*o padre vai embora e entra um professor de gramática*

-- TU VAIS TER TEU FIM, TEU DESGRAÇADO.
-- Tu vais ter teu fim?? Tá errado. É "tu terás". Eu sou teu novo professor de gramática.
-- Ah... tu ousas a me corrigirdes? Como tu ousas a me corrigirdes?
-- Ousas a o que?
-- A me corrigirdes.
-- O certo é "corrigir". Erro de conjugação de verbo.
-- NÃO APONTA O DEDO NA CARA DO CAPETA!!!

Se gostarem desse, eu posso upar mais videos deles.
Enquanto isso, vejam mais vídeos aqui.


Escrito por Eduardo @ 3:58 PM, |


quinta-feira, fevereiro 09, 2006




Como acabar com a fome, a pobreza, a miséria e falsidade no mundo

Todo mundo quer resolver o problema da fome no mundo. O da pobreza e da miséria também. Eu quero, você quer, o Papa quer, o Speed quer. Todo mundo quer. Duvido que você conheça alguém que não queira acabar com as mazelas do planeta.

Então, se TODO MUNDO quer, por que essas coisas ainda existem? Se TODO MUNDO quer acabar com elas, por que o plano ainda não foi posto em prática? Todos concordam que acabar com a fome, a pobreza e a miséria é a prioridade número um, não é mesmo?

Simplesmente porque quem faz discursos para acabar com a fome, a pobreza e a miséria no mundo é quem não tem poder e dinheiro pra isso, é quem não pode mover um dedo para mudar algo. Porque é fácil falar quando não se pode fazer nada, né.

Tenho amigos que insistem em dizer que se pudessem erradicariam a fome no mundo. Nesse momento eu imagino cada um deles ganhando na Mega-Sena e distribuindo toda a grana para os africanos subnutridos. Ou então imagino cada um deles no seu milionário jatinho particular fazendo chover dinheiro e banana nos desertos africanos. Poético.

Quem pode mesmo mudar algo, não tá nem aí, não faz nada, porque não é de seu interesse. Não os culpo por isso. Tem gente que tem capacidade pra ganhar 300 mil reais por mês, outros tem capacidade pra ganhar 300 reais. Cada um ganha o que merece. Tem gente que lê, se informa, estuda, pra ser alguém na vida. Tem gente que passa a vida bebendo, fumando, se drogando - normalmente são esses que querem "um mundo melhor". Eu ouvi "Hippies"?

É bem divertido mexer com o dinheiro dos outros. Cobrar coisas dos outros também é uma maravilha, principalmente quando você lava as mãos e diz que não pode fazer nada. Faria se pudesse, né? Óbvio que faria. Todos fariam. Todo mundo quer acabar com a pobreza no planeta. É tão bonito.

Se tem alguém com poder para MUDAR algo, essa pessoa não sou eu, você ou o Bill Gates. Eu dou 1 real pro mendigo na rua e ele continua mendigo. Você dá mais 1 real e ele continua mendigo. O Bill Gates "doa" 100 milhões pra diminuir o problema da fome no mundo e ela continua. Qual é a solução, amiguinhos?

Vou deixar vocês pensarem um pouco.


Escrito por Eduardo @ 9:18 PM, |


quarta-feira, fevereiro 08, 2006




Oi, eu sou Jesus.

Um homem chamado Armando Oliveira de Souza, de 35 anos, alega com convicção que é Jesus Cristo de Nazaré, o Deus Católico. Ele mora em Caruaru, zona rural e afirma que sentiu ser Deus com um mês de vida como mostra a reportagem.

Veja algumas sacadas de Jesus:

Por que você é Jesus?
Porque eu sou filho de Deus, ele é meu pai....

Quando você descobriu que era Jesus?
Desde quando eu nasci, depois de um mês de idade, eu já sabia que era Jesus.

Ele Fala com você... Então significa dizer que você é a Carne, no caso?
É, eu sou a carne, ele já falou pra mim, já falamos juntos (???).

Você faz milagres?
Fiz milagres já, no Brasil, mas constatar milagre agora eu não posso fazer porque eu já fiz. (haha!)

Sensacional a certeza com que ele expressa suas frases, permitindo por alguns momentos que tenhamos a nítida impressão de que este homem é realmente Jesus.

Impressão.

Visto que Jesus Cristo não existe.
Download do vídeo aqui.


Escrito por sut @ 9:53 PM, |


domingo, fevereiro 05, 2006




O Papel do Papa no Planeta Perra.

Ok, hoje vamos falar do Papa. É sempre bom falar do Papa, gera polêmica.

O Papa exerce um papel de suma importância no mundo; sempre que ocorre uma tragédia, uma catástrofe e/ou uma calamidade, lá está ele para dar o seu pitaco. Um pitaco que ecoará por todo o planeta. O Papa tem esse raro poder de falar e ser ouvido, um poder que integrantes de rodinhas de conversa de bar dariam a bunda pagariam uma cerveja para ter.

"Mas por que o Papa tem esse poder?", você pode se perguntar. "Porque Deus quis assim", responderiam os cardeais que o escolheram. A opinião do Papa não é melhor nem pior do que a sua, mas ele é ouvido por bilhões, você não.
Deus quis assim, paciência.

Sempre com medidas ENÉRGICAS e EFICAZES, o Papa promoveu a paz no mundo. Sempre respeitado por terroristas, chefes de governo e por seguidores de outras religiões, o Papa marcou época e consegiu fazer do planeta Terra um lugar melhor pra se viver. Dizem que foi ele que descobriu a cura pra varíola, o telefone e que o próximo Papa descobrirá a cura pra AIDS e pro câncer. É esperar pra ver.

A mídia está sempre perguntando pro Papa o que ele acha das coisas. E o Papa está sempre respondendo as mesmas coisas sobre o que acha das coisas. É uma relação bonita.

Vejamos alguns exemplos de declarações do Papa após certos acontecimentos importantes:

Papa, após o 11 de setembro.
Gente, vamos acabar com a violência e lutar pela paz no mundo.

Após a invasão das tropas americanas no Iraque.
Não gosto dessa guerra.

Após a explosão de um carro-bomba em Israel.
Isso tudo me deixa muito preocupado, esse derramamento de sangue é cruel.
Não devia mais acontecer.

Após o maremoto da Indonésia, que deixou quase 200 mil mortos.
Calma, pessoal, calma. Calma que tudo vai ficar bem.


Escrito por Eduardo @ 11:31 PM, |


quinta-feira, fevereiro 02, 2006




Malcriado

*Primeiramente, antes de vocês lerem o post, gostaria que baixassem este arquivo*

Querido diário,

Hoje eu, Falamansa, Sut e mais alguns amiguinhos fomos no cinema, ver AS LOUCURAS DE DICK & JANE. Um filme legalzinho, nada mais que isso. Jim Carrey leva o filme nas costas, visto que o roteiro é muito fraco. Um filme que eu só recomendaria em último caso, se você não tivesse mais nada pra ver mesmo.

Enfim, querido diário, não é sobre isso que eu quero falar com você.

Durante o trailer, nosso grupinho conversava alegremente quando um senhor na nossa frente virou para trás e disse:

- Será que dá pra vocês pararem de falar? Tá incomodando.
- Que?
- TÁ INCOMODANDO. - disse ele mais uma vez, falando bem alto, fazendo questão de parecer machão e se virando para frente novamente em seguida.

Nesse momento, todos se calam e só se ouve uma voz ao fundo:

- OOOOOOOOLHA, SEU MALCRIADOOO!!!

Era o Sut.

Sensacional.


Escrito por Eduardo @ 2:01 AM, |


O autor

Eduardo Carvalho

Essa imagem retardada aí do lado veio com o template. Em tese, eu deveria trocá-la por uma foto minha e colocar um perfil aqui - porém, isso dá uma certa mão-de-obra. Por conseguinte, essa porra retardada permanecerá aí do lado enquanto a preguiça não me permitir tirá-la. Portanto, provavelmente, até o fim do ano. De qualquer forma, não me incomoda muito. Enquanto isso, eu tenho que deixar um texto aqui enchendo linguiça, pra tentar preencher esse retângulo. Juro que fiz meu máximo.

Sobre o blog

Esse blog foi criado no início de 2003, há cerca de 6 anos atrás, quando eu era um pivete que nem sabia escrever direito ainda. Portanto, eu não recomendo os arquivos. Eu fazia piadinhas bobas e sem graça. Quanto ao nome, "Faz Sentido", refere-se á uma expressão que eu usava muito na época. Disso, eu não me envergonho tanto. Criar nomes para blogs não é fácil.

Duvida?

Pensa num aí.

Feedback

Você pode me contactar de algumas maneiras, se quiser. A primeira é comentando os posts do blog - tendo conteúdo, ficarei feliz. A segunda é me mandando um e-mail, sobre algum assunto referente ao blog. A terceira é me deixando um scrap no Orkut - gosto da idéia, já que posso saber melhor quem você é. A quarta é comentando meus futuros vídeos no YouTube, que começarei a gravar em dezembro. Resumindo: você pode me contactar de tudo que é forma possível, até com sinal de fogo se quiser, contanto que tenha algo a dizer.

WAT

Arquivos

Previous Posts

Links

PUBLICIDADE

Powered by Blogger
make money online blogger templates


Web Blog